Nossa música

Podem mudar o lado do disco
Ou até mesmo trocá-lo.

Não é à toa quando eu insisto
Que nem todas as danças são lado a lado.

Mesmo depois de todos esses anos,
Você ainda me faz dançar

Porque mesmo depois de todos os abandonos
A nossa música nunca parou de tocar.

12 comentários:

  1. Muito fofo esse, Guu! xDD dorei...

    ResponderExcluir
  2. Linda demais! Como sempre...

    ResponderExcluir
  3. Augusto sempre ao estilo platônico de Vinícius de Moraes.
    Poesias curtas e marcantes.

    Abraços do @poemasavulsos.

    ResponderExcluir
  4. Sensacional!
    Mais uma ótima poesia. Parabéns.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olá Augusto, descobri seu blog por acaso e gostei muito.
    Eu também escrevo poesias, bom saber que outros compartilham o gosto por essa forma de expressão tão instigante,
    bjs.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Augusto!
    Gostei muito do seu blog!!!! =)
    Siga o meu também:

    http://bemquetequerobem.blogspot.com/

    Abços!!

    ResponderExcluir
  7. Continua lindo como sempre. (L) Perfeito!

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...