Onde germinam as minhas poesias

Há um espaço no jardim
Assim como há em mim
Onde germinam as minhas poesias

Brotam e se esticam ao ar
Por cima de todas as outras flores
Todos os outros amores

Há um espaço no chão
Assim como há em meu coração
Onde germinam as minhas poesias

Se eu pudesse, até lá eu iria
Só para vê-las encontrando o céu na terra
Mas o que se sente, não se enxerga

17 comentários:

  1. O íntimo transparecido pelas palavras, amigo Augusto!

    Como escrito: nascem, esticam!

    Tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. ok. agora quero saber como e quando que poesias germinarão em mim! ahhahaha
    dorei, miGUto!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Afortunados são os que conseguem conhecer esse espaço!
    A sonoridade e a construção são arrepiantes.
    Parabéns, como sempre.
    Abração.

    ResponderExcluir
  4. "O que se sente não se enxerga" Adorei essa parte! Linda!

    ResponderExcluir
  5. Muito linda essa!!
    Mil beijoss...

    ResponderExcluir
  6. tem que ter muito talento mesmo pra germinar as suas obras!

    Muitos beijos meu amigo.
    Acquarone.

    ResponderExcluir
  7. Filho.... gostei muiiito....é, o que se sente, não se enxerga...me admiro cada vez mais com o seu talento.....
    Amo in....
    Bjinhos e bençãos!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Linda amei, parabéns e muito sucesso beijão.

    ResponderExcluir
  9. poesia
    bonita
    e que diz
    simples
    e grande
    e livre

    abraços,
    do menino-homem

    fique com Deus!

    ResponderExcluir
  10. D+, mais uma vez, linda... bela sonoridade.

    Te amo!

    ResponderExcluir
  11. Muito bacana, baita talento o seu. Parabéns.

    Abs.

    ResponderExcluir
  12. Olha....passou a ser minha favorita. Gostei muito mesmo. Valeu!!!e obrigado pelo seu talento...

    ResponderExcluir
  13. Ela me estigou a comentar, mas como e por onde começar?

    "Clichê!"
    O que senti ao ler, não pude enxerga as letras para comentar.

    Parabéns Augusto.... \o/

    ResponderExcluir
  14. Uma poesia metalinguistica apreciável, Augusto. E acompanhada desta imagem belíssima, então? Muito bom!

    Abraços do @poemasavulsos.

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...