Perecível

Não vou lhe dizer
Que te amarei para sempre
Porque certamente não vou

Te amarei neste agora
No próximo, não sei se estarei aqui
Ou se terei ido embora

Não vou lhe dizer
Que te amarei de janeiro a janeiro
Porque certamente não vou

Te amarei por inteiro
Sendo inteiramente seu
Enquanto durar o nosso amor

26 comentários:

  1. Que não dure, mas que seja verdadeiro.


    Espero que gostem... Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Sempre dura tempo o suficiente para ser inesquecível!
    Linda poesia Augusto, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Perfeito demais! Lágrimaaaas correm nesse rosto!
    É tudo o que eu precisava ouvir hoje. Ou falar. Parabéns, meu poeta.

    ;-D

    ResponderExcluir
  4. Clichê, mas verdadeiro:
    "Que seja eterno enquanto dure" :)

    ResponderExcluir
  5. Está maravilhosa, mais uma vez! Gostei muuuuito da poesia... Parabens!!

    ResponderExcluir
  6. É como dizem, caro Augusto, sobre a eternidade do momento!

    Gostei do post.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Sempre penso muito sobre isso. Nunca sabemos sobre o dia de amanhã, se será sol, um uma linda e leve chuva, se será feliz, triste, tenso, com alguma surpresa ou decepção. É ótimo poder estar com minha namorada e sentir algo muito bom e verdadeiro e sentir um amor puro, daqueles que dura muito tempo. Dá vontade de querer mandar no coração e desejar ter um amor eterno, realmente se for por questões de fazer planos é algo a se desejar ter por toda a vida. Mas realmente fica complicado de prever, mas que a vontade, desejo ou sentimento... a gente não coordena muito bem isso, não processa e não manda, então é realmente difícil dizer que será "para sempre". Amanhã ou depois podemos conhecer outras pessoas, parar de gostar das mesmas coisas ou simplesmente mudar de opções (sexuais inclusive, porque não?).

    De certo então é viver o hoje, o presente, olhar pra trás e ver o passado lindo e sentir no momento o quão prazeroso é, e feliz e verdadeiro, e bom!

    O Amanhã será feito de muitos "hoje" ainda por se descobrir. E o ontem foi feito de muitos "hoje" que só puderam ser vividos naquele tempo.

    Gostei muito, meu amigo.

    =)

    ResponderExcluir
  8. Isabella Saldanha14 de abril de 2011 23:23

    Ai adorei, Augusto! Simples e verdadeira!
    Ahazou de novo!

    ResponderExcluir
  9. "Te amarei por inteiro
    Sendo inteiramente seu
    Enquanto durar o nosso amor"

    ameeei, com certeza tem que ser verdadeiro enquanto durar...a partir do momento que nao for mais sincero, nao mais porque continuar né!
    ahazou rs

    ResponderExcluir
  10. Ai ai
    É tão bom o amor-correspondido....
    Seja como for, é correspondido, e isso basta rsss
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Isso sim é real e significativo..
    abraço essas lindas palavras.

    ResponderExcluir
  12. amo amo amo essa poesia! ela diz tudo! :D
    parabéns!!

    ResponderExcluir
  13. A poesia tirou um pouco a ilusão criada... Sem ilusão o que seria de nós? Mas é verdadeira! Realista. O drama real de todos nós... Nada é eterno, por mais que esse seja o ideal.

    ResponderExcluir
  14. "Que seja eterno enquanto dure."
    Adorei, Augusto. Bem forte e expressivo.

    Abraços do @poemasavulsos.

    ResponderExcluir
  15. Lindos versos!
    Parabéns pelo blog!
    Bjo e poesia e sorrisos no teu caminho.

    ResponderExcluir
  16. Augusto, tem selo pra vc no meu blog.
    Passa lá!

    http://raquellribeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Não vou lhe dizer
    Que te amarei para sempre
    Porque certamante vou
    (você, um dia, vai cagar no nosso amor.)
    hahahhahahahhah

    amei amei amei, guto!
    quero seu livro ontemmmm

    ResponderExcluir
  18. Esqueci de comentar antes, mas... é um puta tapa na cara da verdade!

    ResponderExcluir
  19. Nesta mais do que o poder das palavras eu encontrei muita força no título: Perecível. Há aí uma verdade escondida que a sensibilidade desnuda, parece clichê...mas está longe de ser.

    ResponderExcluir
  20. Sua nova seguidora deseja a vc um abençoado Domingo de Páscoa para você e toda sua familia
    Eu amei seus poemas .
    beijos e beijos ,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    www.fonte-amor.zip.net

    ResponderExcluir
  21. E Saramago dizia que se eu fui sincero ontem...

    ResponderExcluir
  22. Essa é bem suave, bonita... a foto caiu muito bem!

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...