Quando anoitecer

Quando anoitecer
Eu já não estarei mais na sua cama
Para ouvir as suas histórias de dormir
Suas canções de ninar

Quando anoitecer
Eu já não vou mais acreditar
Na sua voz que tão veloz me fez amar
Tão veloz me fez sofrer

Quando anoitecer...


16 comentários:

  1. Linda como sempre!
    2 anos de puro sucesso, você merece! Parabéns!!!!!
    Parece que você as fez para mim, encaixa perfeitamente!!!!

    ResponderExcluir
  2. Vocês passou pra palavras o que uma pessoa que deixa de amar diz a outra com os olhos. Parabéns, August! Linda como sempre!

    ResponderExcluir
  3. Linda linda linda!

    ResponderExcluir
  4. Que triste...
    Mas sabe? Depois do anoitecer, da escuridão... Sempre nasce um novo dia, e a aurora é tão linda!

    Abraços querido!

    ResponderExcluir
  5. ... e culparei o tempo por deixar de te amar!"

    Tão triste e tão real... A vida é assim: transforma-se rapidamente sem nos dar a chance de acompanhá-la.


    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Ritmo bem feito. Tema bonito. Gostei, Augusto. Parabéns.

    Abraços do @poemasavulsos.

    ResponderExcluir
  7. Amei navegar e atracar aqui!!!
    Tenha um belo dia!!!
    bjks
    ;)
    Chrys

    ResponderExcluir
  8. Nossa, essa ficou linda!! =D
    Parabéns pelo aniversário hoje, amigo...
    Um beijão!

    ResponderExcluir
  9. Linda demais! É música aos meus ouvidos!
    Parabéns, Augusto!

    @MeuAmigoPoeta

    ResponderExcluir
  10. Que poema lindo, Augusto! Amar com pressa é sempre facilitar as coisas pro sofrimento que vem depois da irremediável despedida. Gostei muito! Quando puder, dê uma passadinha lá no meu blog, pois têm novas postagens. Bjo.

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo dia do blogueiro. Uma singela lembrança para vc!
    http://esperandonajanela.zip.net/images/diadoblogueirogif.gif
    Beijos, Luciana.
    @LuhGosselen
    www.esperandonajanela.zip.net

    ResponderExcluir
  12. Enviei a imagem errada, agora sim a correta.
    http://esperandonajanela.zip.net/images/diadoblogueiro.jpg
    (a outra era feminina, rsrs)
    Bjus
    Luh

    ResponderExcluir
  13. quando anoitecer eu vou cair na baladéééénha com gaga! ahahhahaha

    amei! amei! amei!

    ResponderExcluir
  14. Triste esse ..., mas lendo agora o comentário da Laís Rocha vejo que um personagem pode estar sofrendo enquanto o outro estar nem aí , ou seja : "caindo na balaldééénha". Life is sucks u.u
    Boa Poesia Augusto

    Jorge.

    ResponderExcluir
  15. Quando anoitecer, vou andar devagar, bem devagar, de volta a mim mesma.

    Beijos,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...