Ficou pelo caminho

Eu voltei, cuidadosamente
Pelo mesmo caminho
Que me fez chegar até aqui

Pensei
Repensei
E não sei como te perdi

23 comentários:

  1. uaaaaaau!!! essa tá demais! adorei!!!

    ResponderExcluir
  2. Ficou pelo caminho ...!
    Aaaaaaaaaaah que linda, perfeitinha!
    AMEI! *_*

    ResponderExcluir
  3. Olhou direitinho pro chão? HAHAHA.
    Gostei do poema. Poemas curtos são sempre mais práticos.

    ResponderExcluir
  4. Sempre amo suas poesias, mas essa tá especialmente linda! Parabens, August!

    ResponderExcluir
  5. O Caminho as vezes é longo ...rs
    Gostei !
    Delicado, sutil e direto !

    ResponderExcluir
  6. Tbm gosto muito de poemas curtos, e os seus então! Arrasou como sempre! Sabe que sou sua fã né? Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Incríveeel! Gostei muito mesmo tb, espero q vá pro livro! xD

    ResponderExcluir
  8. parabéns, amigo poeta! Essas perdas são as que mais doem...

    Abraço do Leonel.

    ResponderExcluir
  9. Olá meu amigo.
    Gostei muito da poesia.
    Acho que perdemos algo quando antes nos perdemos...

    =)

    Abraço

    ResponderExcluir
  10. O caminho da vinda é o mesmo caminho da volta, talvez, no sentido inverso... A busca continua; A vida é rara! Muito bom, amigo poeta.

    ResponderExcluir
  11. Eiii,
    Muitas vezes é na metade do caminho que as coisas acontecem...

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  12. Ola Augusto, sou onorax do blog filosofia da vaca, desculpe a demora para responder, mais estava viajando
    Deve ser algum bug mesmo, mais não sei oque fazer... desculpe, oque posso dizer e que não fiz nada que possa ter ocasionado o problema propositalmente.

    ResponderExcluir
  13. Muito bonita, Gu! xD
    Curti muitoo...
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Boa! Mas eu esqueci das migalhas de pão e me perdi no caminho. E alguns de nós continuam sem saber o que perdemos, ao invés de porque.

    ResponderExcluir
  15. Retribuindo a visita e maravilhada com suas palavras.

    Adorei!

    Vou segui-lo
    Vou persegui-lo

    ResponderExcluir
  16. Não perdeste o caminho...
    Foi a dualidade de todas as coisas...
    Causa e efeito.

    Lindo este poema.

    Bjs,

    Mirra

    ResponderExcluir
  17. Estou fazendo meu caminho! bjoxxxxxxxx no coração

    ResponderExcluir
  18. Às vezes o caminho só é certo uma vez e a direção se perde depois disso..
    Bjoxxxx no core!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  19. Essa me identifiquei completamente. "Como em tão poucas palavras você diz tanto?". É uma honra lhe conhecer Augusto, mesmo que virtualmente.

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...