Amadurecer

Semear ao avesso:

De fora pra dentro


Fotossíntese de pensamento

Absorção do próprio tempo


Planta que imóvel

Viaja pelo mundo


Muda

Mudanças miúdas


Planta que verde

Tem cor de tudo


Muda

E permanece muda


Folhas viram selva

Tronco que era talo


Vendo a vida ao avesso:

De cima pra baixo


O poeta escreve palavras; o leitor lê poesia

Um dia me perguntaram:

“Você se arrepende de

Alguma poesia que já escreveu?”


Eu disse:

“Quem tem que responder isso

É você, que é leitor, e não eu”


Rei

Quando você perceber que o mar
Está no copo d’água que você bebe

Que as maiores riquezas da humanidade

São guardadas a sete chaves no bolso da plebe


Verá que nesta vida pode-se ter tudo

Tornando-se rei do seu próprio mundo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...