Coração perdido

O meu coração anda triste

Lento se arrastando pelos cantos

Como uma criança desapontada

Que descobre que a infância não tem assim tantos encantos


O meu coração anda amargo

Chato, emburrado

Pulsa porque tem que pulsar

Não pula porque não pode pular


O meu coração anda miserável

Na rua, sujo, negligenciado

Implora por migalhas de esperança

Enquanto pouco canta, enquanto pouco dança


E chora

E chove

E não brota


O meu coração bota um escudo na frente

O meu coração anda descrente

Se torce

Se contorce

Se vira pelo avesso

Se lamenta pelo desprezo

Não diz

Se contradiz

O meu coração não se suicidou por um triz!


Não sabe mais o que é certo

Não sabe mais escrever versos

Se sente apenas mais uma estrela nesse tão grande universo

De um brilho vazio


O meu coração anda vazio

Digo, cheio de qualquer coisa ruim

O meu coração anda assim:

Como uma pena no meio de um tornado

É uma pena, mas o meu coração anda transtornado


Não vê

Não crê

Não quer viver


E como último ato

O meu coração lança desesperados desabafos

Aos seus pés

Sentindo uma dor pungente, latente

Sem compreensão:

O meu coração

Não sabe mais

Ser coração


33 comentários:

  1. Primei poema grande que vejo seu =) Adorei... super lindo.. vo colocar um band-aid nesse coração!

    ResponderExcluir
  2. esse momento parece q essa poesia foi feita pra mim...puxa!! meu coração está assim hj!! mas vai mudar, sei que vai...o mundo dá voltas!!!!!!
    adorei
    linda
    encantadora

    ResponderExcluir
  3. "(...)
    O meu coração
    Não sabe mais
    Ser coração."

    Uau. emocionante.

    ResponderExcluir
  4. Se ele não sabe mais ser coração...
    Deixe que seja um jardim, pranto frutos de um novo amor...

    Lindo, lindo

    Beijo na Alma

    >>Dani

    ResponderExcluir
  5. Achei maravilhoso, de verdade! Acho que transmite perfeitamente como nos sentimos ou como nosso coração se sente quando já não sente...
    Parabéns, August!

    ResponderExcluir
  6. Que bom encontrar palavras tão encantadoras aqui!
    Obrigada pelo carinho!

    Estou seguindo-te também!

    Beijos, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Pegue o teu coração e guarde-o com extremo carinho. Você precisará dele por toda a vida, pois só ele sabe dar bons conselhos.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Que lindo;"Como uma pena no meio de um tornado
    É uma pena, mas o meu coração anda transtornado"...Maravilhoso

    ResponderExcluir
  9. Olá, Augusto.

    Você transformou em palavras o que o ser humano sente vez ou outra (ou sempre). O vazio (que pode ser denominado nostalgia ou solidão). O afã de amar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, Augusto!! Essa poesia está entre as melhores que eu já li!! Amei demais...

    ResponderExcluir
  11. Nooossaaaaaaaaaaaa, parece que esse poema falou de mim!! Oo
    lindoo :D

    ResponderExcluir
  12. Uma delicia de ler...lindo poema!
    Bom finde!!
    Abração!

    ResponderExcluir
  13. vc sabe que está lendo alguma coisa muito boa quando consegue viajar durante a leitura: eu consegui!

    ResponderExcluir
  14. Adoro visitar o teu blog, foi um dos melhores que encontrei nos últimos dias. Linda poesia. Um Beijo. Angélica.

    ResponderExcluir
  15. É um momentos que todo mundo vive algum dia na vida!!!
    Parabéns pelo post, toca fundo, hein!!!

    =D

    Seguindo viu!

    ResponderExcluir
  16. Nosso coração se machuca, dói...
    Agora o coração sozinho, sofre
    por inteiro, e mesmo assim trabalha
    em sua solidão!

    abraço

    ResponderExcluir
  17. Cuide desse danado...ele merece ser acarinhado e pulsar novamente por alguém!

    ResponderExcluir
  18. Adorei o poema!
    Transmite sentimentos!
    Parabéns, continue sempre assim!!!!

    ResponderExcluir
  19. Que profundidade. Gostei muito mesmo, tanto que vou te pedir uma coisa: posso postar no meu blog? Logicamente que com os devidos créditos seus. Aguardo resposta.
    E mais uma vez: PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  20. bacana o seu blog !

    estarei sempre por aqui !

    abraços !

    ResponderExcluir
  21. Ola Dando uma visita (espero retribuição rs) :)
    Muito bom seu Texto .

    Abraço .

    ResponderExcluir
  22. Muito muito muito bom mesmo.

    Meu coração, anda como o Chaves pouco depois de saber que todo mundo ia para Acapulco sem ele.

    ResponderExcluir
  23. .. vc traduz facilmente o que tão obscuro e enraizado se cala em mim...

    ResponderExcluir
  24. Sem palavras... Simplesmente perfeito. Deus abençoe seu dom de expressar o sentir de tantos... Agradeço sempre por ter lhe conhecido, mesmo que no mundo virtual!

    ResponderExcluir
  25. Meu coração está assim... Não sente vontade de pulsar, segue apenas pelo simples fato de existir e ser essa sua função, nos manter vivos!

    ResponderExcluir
  26. Sensacional, dos grandes poemas que já li até hoje. Impressionante como os sentimentos nos fazem falar a alma. PArabéns pelo poema.

    Um abs.

    http://escondidin.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Coração que bate....é assim, as vezes lua cheia outras minguante!!Linda!!

    ResponderExcluir
  28. Lindo!Inexprimível minha identificação com este poema. E adorei o coraçãozinho costurado!

    ResponderExcluir
  29. Poesia linda...ainda bem que esse coração não se encaixa com o meu,rs.Você é muito bom...que Deus lhe conceda sempre esse dom...da poesia!!!
    Ádila Céli.

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...