Suicídio 3

Em algum instante abriu-se um vazio

Aqui, dentro de mim


E foi correndo por meu sangue

Tirando, além de meu corpo, meu indolor fim


Pois antes tivesse acabado logo em esquife

Ou jogado entre lamas, num mangue


Mas não; em tom de marfim estatizou-se meu rosto

Recebendo as lágrimas de um pungente desgosto


Então aos prantos fui deixando-me sangrar

Por dentro, é verdade, mas o suficiente para me matar


8 comentários:

  1. Um "pouco" depressivo.... porém reflexivo.

    ResponderExcluir
  2. essa aí vc fez antes ou depois de cortar os pulsos? hauahuhuauahuaahu brincadeira...

    ResponderExcluir
  3. "Um "pouco" depressivo.... porém reflexivo."
    E quem disse que não reside beleza na melancolia?
    Eu só não a deixo dominar a ponto de cometer atos extremos, mas sobretudo, ela é poética e inspiradora.

    ResponderExcluir
  4. Moço, sabe, a gente que se dedica a escrever, encontra sempre as palavras, ora mais sublimes, ora mais dantescas, tua poesia é uma inspiração. Acho que tú tens muito a crescer enquanto poeta, eu também tenho, estou contente de te conhecer. Foi ótimo o papo no msn. Com relação a Suicídio 3, acho que vc consegue ali dar sentido, a um dos sentimentos mais profundos que existem na humanidade, a melancolia, se o mundo soubesse usa-la a favor, todos cresceriam enquanto seres humanos que somos. Abraço cordial.

    ResponderExcluir
  5. Amigooo!!

    Finalmente to conseguindo postar aki!

    Saiba, não deixo de ler aki!

    bju

    ResponderExcluir
  6. Ain.. depressivo sim! A foto entao nem se fale!

    ResponderExcluir
  7. também acho!
    Eu tenho rompantes criativos na melancolia e no êxtase.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, esse último verso ficou perfeito... mas a poesia como um todo é ótima! Parabéns...

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...