E agora?

Sinceramente

Em minha opinião

O que não faz bem para um poeta

É a paixão


Falo sério

Não é brincadeira

Quando ama só faz poesia

Para a pessoa com quem se deita


Não há sequer outra inspiração

Os versos são clichês

Aquela coisa, sabe:

“Eu amo muito você!”


Ah, faça-me o favor!

Quem diz que o amor

Inspira um poeta

Só pode estar de gozação...


Mas parando para pensar...

Neste momento não me recordo

De nenhuma sensação mais agradável

Do que a de amar


E agora?


8 comentários:

  1. Arrebenou!!!! inspiração pura ...

    ResponderExcluir
  2. Muito boa mesmo..... adorei.....
    Mãe orgulhosa!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a contradição do poema... Muito bom!!

    ResponderExcluir
  4. cara, estou ficando ainda mais indeciso. porque tu sempre melhora ainda mais a cada poema, não vou mais eleger cada poema seu como o melhor, pois posso quebrar a cara e ver uma peça dessas obras que mostra que tem mais coisas boas vindo por ae. estou aguardando as próximas com mais vigor agora.

    ResponderExcluir
  5. E ignore eu português horrível ali. aahahahha

    ResponderExcluir
  6. Augusto,
    esta poesia diferente das que em geraç leio de você, digo, em estrutura.Pois em qualidade é a mesma de sempre, perfeitamente bem escrita. Idéia muito bem e espressa....é relamente o que os escritores sentem ^^
    parabens!!

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...