Mar de Abrolhos

Os meus olhos estão cansados

Cansados de serem olhos

Roxos, tristes e lacrimejados


Os meus olhos estão cansados

Cansados de serem olhos

Tão molhados quanto Abrolhos


Os meus olhos estão cansados

Cansados de serem olhos

Cansados de serem olhos...


Cansados de serem...

Cansados...

Can...


3 comentários:

  1. Poesia linda, com sentimentos e com tecnicas que a deixam mais bela.. adorei! Parabéns^^

    ResponderExcluir
  2. Realmente mais um poema excelente. Até quando permitiremos que nossos olhos materializem lágrimas de dor, derrotas e tristezas advindas dessa estrutura social bárbara?
    Que abramos nossos olhos para enxergarmos além do que podemos ver, além do corriqueiro, além do trivial!

    ResponderExcluir
  3. Esse jogo com as palavras é fantástico. Adorei.

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...