180º

Eu quero ver o mundo de outro ângulo
Que cachoeiras subissem e
Fogos de artifício descessem
Eu quero outro artifício
Outros vícios que não sejam o de sempre

Eu quero um capuchino à tarde
Cantar um hino que não seja Brasil
Ler outra manchete que não seja Brasília
Morar numa ilha, revirar meu baú
Eu quero outra música que não seja Raul

Eu quero ver o mundo de outro ângulo
Cansei do samba; dê-me um tango

9 comentários:

  1. muito criativo!
    ;P gostei!

    ResponderExcluir
  2. Uau, gostei muito dessa... caramba Augusto, você tá bom mesmo nisso hein!

    ResponderExcluir
  3. os dinos gostam de raul, eu fiquei sabendo! HAHAHAHAHHA , gostei do blog!

    ResponderExcluir
  4. Adorei
    Gostei do "revirar meu baú".
    Só não concordo em deixar Raul de lado.
    haha

    ResponderExcluir
  5. Adoreii Augusto, vc ta aprendendo isso com quem ein?
    Com os dinos?? rsrsrs
    Sdss..

    ResponderExcluir
  6. Nossa, perfeita! Sensacional... eu bem que gostaria de ver a vida de outro ângulo.

    Beijos...

    ResponderExcluir
  7. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH POETA, EU ACREDITO!

    ResponderExcluir
  8. Tão boa que dispensa dizer que acaba de ser premiada!
    AHHH dispensa o cacete!!!!!
    A poesia ta linda como tudo que voce escreve e agora oficialmente fodastica como poucos são capazes de expressar seus sentimentos.
    Te amo muito!
    PS: será que tem tango no matadouro da Lapa???

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...