O lago

Deste azul que passa
Neste lago imenso
Por pedras rasas
Corre por todo sendo
Meu amor águas fundas
Fundo tanto que inunda
O lago e sente:
Águas estas sempre
Estarão ao teu lado

2 comentários:

  1. Gostei da nova poesia!
    Parabéns... muito linda!

    ResponderExcluir
  2. Augusto, primeiramente, queria te pedir mil perdões por ter abandonado seu blog!
    Não sei como pude fazer uma coisa dessas, já que cada vez que leio uma poesia sua, nasce uma flor dentro de mim. Quero um jardim repleto, por isso nunca deixarei de ler suas poesias, (antes tarde do que nunca)!
    Depois dessa poesia, há um lírio a mais aqui dentro. Ou quem sabe uma rosa? Uma margarida? Enfim...
    Grande beijo!!

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...