O canto do sabiá (O sabiá de Irapujá)

Sabes que o sabiá sábio sabido
Sabia dos sinos e sinais
Sinais e sinos sinuosos

Cantava no canto
E encantava tantos com
Seu canto a encantar

Em Irapujá ia indo à igreja
Itu e Itaiá iam à idem igreja de lá
Iam índios Itus e índias Itaiás escutar

Sabem que o sabiá sábio sabido
Cantava de domingo aos mingos
Nos sinos da Oca Nossa Senhora de Irapujá

2 comentários:

  1. A melhor poesia de sua autoria que li.
    Parabéns cara...
    Gostei muito!

    ResponderExcluir
  2. Augusto!
    Já tinha lido sua poesia a tempos, mas quando fui comentar, deu erro, aí esqueci de comentar de novo! Perdão, querido...
    Achei maravilhosa, super criativa. Tem que ter muito a manha pra escrever assim (tenho um fraco por aliterações).
    Beijo grande, caro amigo!

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...