Tempo

Fitei o relógio,
Senti o tempo.
Silencioso, porém notório,
Correndo contra o vento.

Ponteiros girando.
Coração parado;
Procurando no passado
Sentimentos abandonados.

As horas são traiçoeiras.
Ora são horas, ora não.
Feiticeiras.
Fazem de mim histrião.

O tempo teima
Deixar-me viver.
O tempo é veneno
Que me faz sofrer.

3 comentários:

  1. A primeira que vc me mostrou!!!

    Linda demais...(Y)

    ResponderExcluir
  2. Essa eu já conhecia. É uma das minhas preferidas! Muitos já descreveram o tempo, mas a sua descrição está única. Amei sua poesia!

    ResponderExcluir
  3. Passei aqui um tempo, e gostei logo vou voltar...

    ResponderExcluir

Poderá ser preciso clicar mais de uma vez no botão "Postar comentário" para que o seu comentário seja enviado com sucesso. Obrigado pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...